sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Jovens comprometidos com Cristo


Jovens comprometidos com Cristo
O Evangelho ainda hoje é anunciado com fervor por gente na flor da idade 
A Bíblia Sagrada traz em seu conteúdo a história de jovens que, apesar das adversidades e da pouca idade, continuaram firmes em seu propósito de oferecer a Deus as suas vidas e contribuir na divulgação da fé no verdadeiro Deus. E isso tanto no Antigo Testamento como também na Nova Aliança, momento único na história da humanidade, quando Cristo lança os fundamentos da Igreja e esta se espalha pelo mundo. Se alguém imagina que desinteresse pelas coisas espirituais e mera agitação sem conteúdo são a marca do jovem evangélico de hoje, está enganado. Pode haver muita gente só no oba-oba, sem real compromisso com os valores do Evangelho, mas também há muitos jovens realmente compromissados com Deus e fazendo diferença em sua geração.
Em todas as épocas da história da Igreja, vemos jovens cristãos comprometidos com o Evangelho tendo um papel importante na implantação do Reino de Deus entre os homens. Jovens vindos de lares piedosos, onde foram
ensinados a confiar no Altíssimo, demonstraram seu valor diante das dificuldades que surgiam ao seu redor.
No Antigo Testamento, temos o exemplo do jovem José, que  foi vendido pelos irmãos e depois encarcerado nas masmorras egípcias sob falsa acusação, mas nunca deixou que as injustiças que sofrera abalassem sua fildelidade a Deus, que, ainda em seus dias, o honrou grandemente por isso. Vemos também o adolescente Davi, que enfrentou o gigante Golias, mesmo sendo este mais forte, bem maior e melhor equipado para um combate. Nenhum soldado israelita e muito menos seus comandantes ousaram enfrentar Golias, até mesmo os militares mais experientes, mas aquele jovem, cheio do Espírito Santo, enfrentou-o com fé e venceu. E que dizer de Daniel, que foi conduzido ao exílio ainda muito jovem? Na Babilônia, juntamente com seus amigos Misael, Ananias e Azarias, ele decidiu “não se contaminar com a porção do manjar do rei e nem com o vinho que ele bebia”, uma vez que tal comida estava contaminada no ambiente idólatra. Com esse gesto simples, ele e seus companheiros iniciaram a sua trajetória na Babilônia, onde enfrentariam ainda uma fornalha de fogo e a cova dos leões.
No Novo Testamento, há exemplos como o do jovem Timóteo, que foi companheiro de obra missionária do apóstolo Paulo e se tornou líder da célebre igreja de Éfeso em um período de grandes dificuldades. Exercendo o seu ministério, ele enfrentou toda sorte de pressões, conflitos e desafios da igreja e da cultura ao seu redor. Esses jovens heróis jamais deixaram de acreditar na providência divina, mesmo nas circunstâncias mais difíceis. Para eles, estas não eram desculpa para esfriar na fé. E ainda hoje, podemos perceber muitos jovens dispostos a fazer diferença e dedicar-se totalmente a Deus. A seguir, contaremos a história de alguns deles, que são apenas pequenos exemplos dentre milhares de jovens dedicados a causa de Cristo neste Brasil afora.
Jodson Gomes da Silva
O jovem pastor Jodson Gomes da Silva (foto acima), 25 anos, é um bom exemplo de fidelidade a Deus em um ambiente cheio de más influências. Nascido na Paraíba, ele veio para o Rio de Janeiro ainda pequeno e, desde cedo, enfrentoua a dura realidade dessa metrópole, abalada pelo crescente número de jovens que trocam a família, os estudos, emprego e os amigos pelo consumo de drogas e o ingresso na militância do crime. “Morei no Complexo do Alemão e daqueles meus amigos que conheci na infância, se restarem dois deles ainda vivos, eu considero muito. Eles optaram pelo tráfico de drogas, mas eu optei por seguir a Jesus”, conta Jodson.
A convivência em um ambiente hostil e cercado de más influências não é nada fácil. A natureza das provações e tentações experimentadas pela juventude atual nesse contexto é terrível, e se faltarem a presença da família, dos verdadeiros amigos e da graça divina, as coisas ficam ainda mais complicadas. Jodson foi poupado desse cruel destino. Ele recebeu a Jesus como seu Salvador com apenas 7 anos de idade e, a partir de então, passou a frequentar a Assembleia de Deus em Bonsucesso, Rio de Janeiro (RJ), ainda sob a liderança do pastor Raimundo Lino da Silva e hoje liderada pelo pastor Jaime Soares. Com o passar do tempo, o comportamento do menino apresentou uma característica digna de nota: desde cedo, Jodson amava anunciar Jesus, mesmo quando seus primeiros ouvintes não podiam corresponder com o entusiasmo à pregação do jovem anunciador. “Comecei a pregar aos 10 anos para os meus bonecos que utilizava em minhas brincadeiras”, lembra o jovem ministro.
A brincadeira com os bonecos, fruto se sua paixão pela pregação do Evangelho, depois deu lugar ao início de um ministério fervoroso. Nos cultos para crianças, começou a  receber as primeiras oportunidades para falar do amor de Deus. Em seguida, devido à sua facilidade para ensinar a Palavra, foi convidado para lecionar na classe dos adolescentes na Escola Dominical. A partir daí, foram surgindo convites para anunciar a Palavra de Deus em outras igrejas. Quando foi levado ao diaconato, passou a trabalhar na liderança da juventude da AD em Bonsucesso, mas sua trajetória como pregador e ensinador não parou. Recebeu convites para ministrar fora do Estado e, em 2011, foi um dos professores da 49ª Escola Bíblica de Obreiros da Assembleia de Deus em Curitiba (PR). Após o casamento com Midiã Braga Gomes da Silva, Jodson mudou-se para Londrina (PR). “Recebi o convite para trabalhar com os jovens locais e já moro aqui há cinco meses. Fui ordenado ao pastorado em 20 de dezembro de 2011 e agora trabalho com o pastor Moisés Ramos”, relata Jodson.
 André Quirino
O jovem André Quirino, 16 anos,  também tem história para contar. Aos 12, ele deu início à sua paixão de pregar a Palavra de Deus em uma rádio AM, no programa “O Atalaia”, mantido pela Assembleia de Deus em Linhares (ES), onde congrega. A partir de então, começaram a surgir os convites para pregar o Evangelho em outras cidades. André conta com o apoio de seus pais quanto à sua chamada. “Ainda aos 12 anos, fui convidado para pregar em várias congregações, inicialmente em cultos infantis. Com o passar do tempo, cheguei a liderar um grupo de estudo com pré-adolescentes”, conta André, que revela quais os seus planos para o futuro: “Pretendo estudar Teologia”.
Atualmente, André está muito ativo na sua nova igreja, em São Paulo, e ama estudar a Bíblia. Ele deseja um dia poder exercer tanto o ministério da Palavra como pregador do Evangelho como poder dedicar-se à área do ensino  teológico. “Meu interesse em Teologia só tem aumentado”, afirma o rapaz. Em suas ministrações aos jovens como ele, André tem destacado que é comum enfrentarmos dificuldades ao longo de nossa trajetória como jovens cristãos, mas a graça divina é a principal defesa para a nossa vida. “Em todo momento somos tentados, mas quando nos revestimos da armadura de Deus e confiamos em Sua soberania, conseguimos crescer na graça. Hoje, sou membro da Assembleia de Deus no Ipiranga, na capital paulista, sob a liderança do pastor Alcides Fávaro. Estagio em um estúdio de gravação e tenho um blog intitulado cadernetaderascunhos.blogspot.com, onde vocês podem encontrar comentários, notícias sob a ótica cristã, além de reflexões, conclusões de pesquisas e artigos de apologética”, indica André. 
Leonardo Cavalheiro
Outro jovem vitorioso é o líder de juventude Leonardo Cavalheiro, 24 anos, nove deles servindo ao Senhor Jesus. Membro da Assembleia de Deus em Porto Velho (RO), sob a liderança do pastor Joel Holder, Leonardo conta que o início de sua vida cristã não foi fácil, pois teve que evitar  o relacionamento com moças não crentes. “São várias provações, mas o Senhor me deu vigor para resistir ao pecado”, revela o jovem.
Hoje, o rapaz está concluindo o seu curso médio em Teologia na Escola de Educação Teológica das Assembleias de Deus (EETAD). Fruto de seu desejo em adquirir mais conhecimento bíblico, Leonardo acalenta o sonho de se tornar um pregador da Palavra de Deus. “A minha convicção nasceu aos 16 anos, depois que fui batizado no Espírito Santo. Nesse período, senti arder o desejo de anunciar o Evangelho”, testifica.
A trajetória do jovem Leonardo começou nos cultos ao ar livre promovidos por sua igreja. Aos 17 anos, ele foi convidado a assumir a liderança da juventude na congregação Ipanema 1. Leonardo lembra que encontrou um grupo de cinco jovens e, quando foi chamado para outro lugar, deixou aquele grupo com 19 pessoas. Mais tarde, aos 18 anos, passou a liderar um grupo bem maior: 70 jovens estavam sendo monitorados por ele no Setor 18.
O seu talento em administrar a juventude cristã fez com que fosse convidado para assumir a vice-liderança da União da Mocidade das Assembleias de Deus de Porto Velho (Umadvel). Além disso, o rapaz, que aspira dedicar-se ao ministério pastor alno fututo, tem recebido muitos convites para pregar o Evangelho na região e mesmo fora do Estado. “A Bíblia afirma que ‘quem deseja o episcopado, excelente coisa almeja’ e quero alcançar esse objetivo, dentro da vontade de Deus”, afirma Leonardo, que exerce o cargo de diácono na igreja local.

Por Eduardo Araújo - Reportagem publicada na revista Geração JC nº 90

Fonte: www.cpadnews
Postar um comentário

vídeos gospel de Pres. Médici-MA

Loading...