sábado, 27 de agosto de 2016

A Assembleia de Deus e as outras Assembleias


Sou pentecostal, membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus desde 1987, quando fui batizado com o Espírito Santo e nas águas. Creio em milagres, minha vida é um milagre, tenho visto muitos milagres. Nasci num lar pentecostal e cresci em meio a visões, revelações, curas, línguas estranhas etc. E, por mais que eu tenha hoje um lado contestador — que não é exclusividade minha, visto que Paulo (2 Co 11.3-15) e o próprio Senhor Jesus (Mt 23; Ap 2-3), só para exemplificar, também se opuseram a heresias e modismos —, sempre cri na multifacetada obra do Espírito Santo mediante a diversidade de dons, ministérios e operações (1 Co 12.4-11). Mesmo assim, sou contra, pois a Palavra de Deus também o é, ao movimento neoassembleiano, que é experiencialista, místico e prioriza manifestações como “cair no poder”, “unção do riso”, “unção do leão”, “unção da lagartixa”, além da ênfase exagerada à prosperidade financeira, que muitos

sábado, 13 de agosto de 2016

UMA MULTIDÃO DE EVANGÉLICOS PERCORREM AS RUAS DE URBANO SANTOS


Sábado, 13 de agosto de 2016, os evangélicos no município de Urbano Santos amanheceram o dia alegres e profetizando que a cidade é do Senhor Jesus. O motivo da alegria é que o segundo sábado do mês de agosto é comemorado o Dia Municipal do Evangélico, em Urbano Santos – MA.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Confirmado! Alice Maciel e Banda em Urbano Santos no dia do Evangélico 13 de Agosto


Em alusão ao ‘Dia Municipal do Evangélico’, comemorado no segundo sábado do mês de agosto, as igrejas evangélicas em Urbano Santos - MA em parceria com a prefeitura (Governar é Cuidar) irão se reunir para a realização de um culto no Corredor da Bênção (corredor da folia), neste sábado, dia 13, a partir das 19 horas.

De acordo com o pastor da Assembléia de Deus e presidente do Conselho de Pastores, Vilmar Martins, a programação iniciará pela manhã, às 07 horas em frente ao Ginásio Poliesportivo, com uma passeata nas principais ruas da cidade.

domingo, 17 de julho de 2016

A Assembleia de Deus também é histórica


Sou pastor da Assembleia de Deus, mas estou longe de ser assembleiólatra. Jamais ignorei os problemas ligados à minha denominação e, há algum tempo, por exemplo, posicionei-me contra o envolvimento da liderança de uma das importantes convenções assembleianas com o saudoso, ops!, "reverendo" Moon. Além de não me apegar de modo idolátrico à denominação à qual pertenço, reconheço o lado bom de outras igrejas. Entretanto, não é pelo fato de eu ser cristão, pentecostal e assembleiano que não apoio a conduta dos evangélicos (evangélicos?) antipentecostais e antiassembleianos. Não concordo com eles porque, em João 7.24, o Senhor Jesus asseverou: "Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça". E muitos oponentes da denominação pentecostal Assembleia de Deus estão sendo injustos em sua criticidade extremada. 

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Argélia: Cristã pode perder marido e filho se não negar Jesus

“Eu não posso renunciar à minha fé, Cristo é tudo para mim”
“Eu não posso renunciar à minha fé, Cristo é tudo para mim”, testemunha cristã
No Norte da África, a intolerância religiosa se manifesta de várias maneiras: rejeição familiar, oposição à abertura de uma igreja em algumas áreas, intimidação, ameaças de radicais islâmicos, difamação, pressão no trabalho, desrespeito e violência. E não é diferente com os cristãos da Argélia, já que a maioria da população é muçulmana e o islã é a religião oficial do país. Infelizmente não é incomum ouvir histórias de cristãos que são maltratados e até perdem suas vidas por não negarem a Cristo como Salvador.
Cherifa* é a personagem de uma dessas histórias. Logo no início das comemorações do Ramadã, no mês de junho, a pressão sobre os seguidores do cristianismo aumentou muito, principalmente para aqueles que vivem com suas famílias não convertidas e que

segunda-feira, 13 de junho de 2016

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Identidade Antropológica da Igreja de Cristo

A igreja é constituída de pecadores redimidos por Cristo que, à semelhança de Isaías, está diante do Trono, mas treme em sua humanidade impura. A igreja deve reconhecer sua grandeza – ela é Corpo de Cristo – mas jamais pode se esquecer de suas limitações e fraquezas – o pecado ainda é uma realidade latente, não obstante sua transformação à semelhança de Cristo (Ef 4.13).
A identidade antropológica da ekklēsia não reduz sua grandeza, pelo contrário a traduz. De acordo com Pascal, a verdadeira religião é aquela que permite que conheçamos nossa mais íntima natureza, sua grandeza, insignificância e a razão para ambas; para o cientista e teólogo francês, a fé cristã é a única que tem esse conhecimento [1]. 

vídeos gospel de Pres. Médici-MA

Loading...