quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Daniel na cova dos leões


O principal ensinamento que podemos tirar desta linda história contada na Bíblia, sobre o fiel servo de Deus, Daniel, na cova dos leões é que a fé não teme as conseqüências. Aquele que tem fé sabe que Deus honra sua fé e, as vezes, apesar de não livrar da tribulação, Deus concede uma saída maravilhosa, como foi o caso de Daniel. Deus pode todas as coisas e Ele poderia ter feito algo para que Daniel não fosse jogado naquela cova, mas não foi assim que Deus agiu. Deus não livrou Daniel da provação. Daniel teve que passar por aquilo para provar sua fé e sua fidelidade a Deus.
Porém o Senhor concedeu a Daniel um desfecho surpreendente, que honrou a fé e a fidelidade de Daniel e chocou a todos que estavam presente. Isso nos ensina que precisamos confiar em Deus até quando a situação parece não ter mais jeito, até quando tudo parece estar perdido. Deus ainda pode te salvar e te tirar desta provação.

Prestem atenção no que Daniel diz no cap.6 vers.21. Nesse momento Daniel ainda estava na cova dos leões, ele ainda estava sendo provado, pois os leões ainda o rodeavam. Daniel havia passado a noite toda no meio daqueles leões famintos e de manhã quando o rei Dário foi até a cova para saber se Daniel havia sobrevivido a primeira coisa que Daniel diz ao rei Dário é: “Então Daniel falou ao rei: Ó rei, vive para sempre!”. Essa passagem mostra o tamanho da coragem de Daniel e o quanto ele foi corajoso enquanto estava sendo provado. Ele glorificou a Deus!

Glória a Deus, pois só Ele é digno de toda honra e toda glória!

Leia a história como é relatada na Palavra de Deus:

Daniel Cap.6 - Daniel na cova dos leões

6:1 E pareceu bem a Dario constituir sobre o reino cento e vinte príncipes, que estivessem sobre todo o reino; 
6:2 E sobre eles três presidentes, dos quais Daniel era um, aos quais estes príncipes dessem conta, para que o rei não sofresse dano. 
6:3 Então o mesmo Daniel sobrepujou a estes presidentes e príncipes; porque nele havia um espírito excelente; e o rei pensava constituí-lo sobre todo o reino. 
6:4 Então os presidentes e os príncipes procuravam achar ocasião contra Daniel a respeito do reino; mas não podiam achar ocasião ou culpa alguma; porque ele era fiel, e não se achava nele nenhum erro nem culpa. 
6:5 Então estes homens disseram: Nunca acharemos ocasião alguma contra este Daniel, se não a acharmos contra ele na lei do seu Deus. 
6:6 Então estes presidentes e príncipes foram juntos ao rei, e disseram-lhe assim: Ó rei Dario, vive para sempre! 
6:7 Todos os presidentes do reino, os capitães e príncipes, conselheiros e governadores, concordaram em promulgar um edito real e confirmar a proibição que qualquer que, por espaço de trinta dias, fizer uma petição a qualquer deus, ou a qualquer homem, e não a ti, ó rei, seja lançado na cova dos leões. 
6:8 Agora, pois, ó rei, confirma a proibição, e assina o edito, para que não seja mudado, conforme a lei dos medos e dos persas, que não se pode revogar. 
6:9 Por esta razão o rei Dario assinou o edito e a proibição. 
6:10 Daniel, pois, quando soube que o edito estava assinado, entrou em sua casa (ora havia no seu quarto janelas abertas do lado de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer. 
6:11 Então aqueles homens foram juntos, e acharam a Daniel orando e suplicando diante do seu Deus. 
6:12 Então se apresentaram ao rei e, a respeito do edito real, disseram-lhe: Porventura não assinaste o edito, pelo qual todo o homem que fizesse uma petição a qualquer deus, ou a qualquer homem, por espaço de trinta dias, e não a ti, ó rei, fosse lançado na cova dos leões? Respondeu o rei, dizendo: Esta palavra é certa, conforme a lei dos medos e dos persas, que não se pode revogar. 
6:13 Então responderam ao rei, dizendo-lhe: Daniel, que é dos filhos dos cativos de Judá, não tem feito caso de ti, ó rei, nem do edito que assinaste, antes três vezes por dia faz a sua oração.
6:14 Ouvindo então o rei essas palavras, ficou muito penalizado, e a favor de Daniel propôs dentro do seu coração livrá-lo; e até ao pôr do sol trabalhou para salvá-lo. 
6:15 Então aqueles homens foram juntos ao rei, e disseram-lhe: Sabe, ó rei, que é lei dos medos e dos persas que nenhum edito ou decreto, que o rei estabeleça, se pode mudar. 
6:16 Então o rei ordenou que trouxessem a Daniel, e lançaram-no na cova dos leões. E, falando o rei, disse a Daniel: O teu Deus, a quem tu continuamente serves, ele te livrará. 
6:17 E foi trazida uma pedra e posta sobre a boca da cova; e o rei a selou com o seu anel e com o anel dos seus senhores, para que não se mudasse a sentença acerca de Daniel. 
6:18 Então o rei se dirigiu para o seu palácio, e passou a noite em jejum, e não deixou trazer à sua presença instrumentos de música; e fugiu dele o sono. 
6:19 Pela manhã, ao romper do dia, levantou-se o rei, e foi com pressa à cova dos leões. 
6:20 E, chegando-se à cova, chamou por Daniel com voz triste; e disse o rei a Daniel: Daniel, servo do Deus vivo, dar-se-ia o caso que o teu Deus, a quem tu continuamente serves, tenha podido livrar-te dos leões? 
6:21 Então Daniel falou ao rei: Ó rei, vive para sempre!
6:22 O meu Deus enviou o seu anjo, e fechou a boca dos leões, para que não me fizessem dano, porque foi achada em mim inocência diante dele; e também contra ti, ó rei, não tenho cometido delito algum. 
6:23 Então o rei muito se alegrou em si mesmo, e mandou tirar a Daniel da cova. Assim foi tirado Daniel da cova, e nenhum dano se achou nele, porque crera no seu Deus. 
6:24 E ordenou o rei, e foram trazidos aqueles homens que tinham acusado a Daniel, e foram lançados na cova dos leões, eles, seus filhos e suas mulheres; e ainda não tinham chegado ao fundo da cova quando os leões se apoderaram deles, e lhes esmigalharam todos os ossos. 
6:25 Então o rei Dario escreveu a todos os povos, nações e línguas que moram em toda a terra: A paz vos seja multiplicada. 
6:26 Da minha parte é feito um decreto, pelo qual em todo o domínio do meu reino os homens tremam e temam perante o Deus de Daniel; porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre, e o seu reino não se pode destruir, e o seu domínio durará até o fim. 
6:27 Ele salva, livra, e opera sinais e maravilhas no céu e na terra; ele salvou e livrou Daniel do poder dos leões. 
Postar um comentário

vídeos gospel de Pres. Médici-MA

Loading...