sábado, 7 de junho de 2014

Estado do Amapá desperta para missões

Igreja alcança alvo histórico de oferta do Dia Especial


Estado do Amapá desperta para missões
Apesar de ter uma economia considerada frágil, o Amapá começa a despertar para Missões. Um promotor voluntário desse estado da região norte do Brasil escreveu para o missionário mobilizador na região, Luiz Carvalho, para falar de sua alegria ao saber que sua igreja alcançou um alvo histórico para a oferta do Dia Especial de Missões Mundiais. O objetivo dele agora é mostrar às igrejas do Amapá que Missões transculturais não se faz apenas durante o período de campanha, no primeiro semestre de cada ano, mas durante o ano inteiro.
No Amapá, o Produto Interno Bruto (PIB) – que é a soma de todas as riquezas produzidas no estado – alcançou R$ 8,9 bilhões em 2011. Esses são os dados mais recentes, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Secretaria de Estado do Planejamento no dia 17 de dezembro de 2013. O número está bem abaixo do estado de São Paulo, cujo
último PIB registrado foi de mais de R$ 475 bilhões, o maior do país. Mas isso não foi impedimento para a Congregação Batista Redenção, em Macapá, atingir uma oferta histórica para o Dia Especial, segundo o promotor Euler Viana.
“A campanha ‘Entre em Campo com Cristo, pelas Nações’ foi uma bênção! Nossa igreja se mobilizou de uma forma incrível e, graças a Deus, conseguimos atingir um alvo histórico para a honra e glória do Senhor”, comemora Euler.
Ele garante que o próximo passo é fazer a igreja entender que Missões se faz o ano inteiro. Para isso, ele tem feito propostas para que a igreja adote projetos missionários. Ele também tem levado outros irmãos da congregação a adotarem projetos de forma individual.
Para o mobilizador Luiz Carvalho, o testemunho desta congregação é impressionante, com uma visão arrojada de investimento e serviço à obra missionária do nosso Senhor Jesus.
“Espero que esta notícia possa ecoar como testemunho de engajamento, empenho e vitória no desenvolvimento de uma campanha para o sustento dos campos missionários”, diz Luiz.
O mobilizador ressalta que a oferta alcançada por esta congregação em 2014 chegou ao patamar referencial de 5% de toda a oferta do Dia Especial enviada pelas igrejas do estado do Amapá à JMM em 2013. Para ele, este o início do despertar das igrejas amapaenses à obra de evangelização transcultural. 
“Deve prevalecer a existência da igreja fiel ao sustento dos campos do Senhor. É pela fidelidade aos desígnios de Deus que a igreja marcha sustentando, avançando e prosperando os desejos do nosso Deus para o mundo”, comenta o mobilizador.
Marcia Carrilho, mobilizadora em Mato Grosso do Sul, também comemorou mais esta vitória para a expansão do Reino de Deus.
“Que o Senhor continue dando forças e estratégias para que muito mais continue sendo feito. Que esse testemunho sirva de encorajamento para prosseguirmos ao alvo e que outros mais venham para a glória de Deus”, disse Marcia.
Postar um comentário

vídeos gospel de Pres. Médici-MA

Loading...