sábado, 31 de dezembro de 2016

EBENEZER! Ate aqui nos ajudou o Senhor! Feliz e abençoado 2017!

Chegamos ao final de mais um ano. Certamente que os dias de 2016 foram intensos. Podemos somar alegrias e também frustrações. Não obstante as nossas lutas e batalhas o SENHOR nos sustentou e nos fez vitoriosos. E assim, no limiar de um novo ano podemos exclamar como o sacerdote Samuel: “Ebenézer! Até aqui nos ajudou o Senhor!” (1Sm 7.12).
A expressão hebraica “Ebenézer” literalmente significa “pedra de Ajuda” e aparece três vezes na Bíblia Sagrada (1Sm 4.1; 5.1 e 7.12). Na primeira e segunda citação a palavra refere-se a uma aldeia de Efraim. Na terceira citação “Ebenézer” é o nome dado a uma pedra
memorial erigida por Samuel para marcar o local onde Deus ajudou Israel a derrotar os filisteus ao norte de Jerusalém.
A história bíblica registra que por causa dos pecados da nação, Israel fora derrotado pelos filisteus, trinta mil Israelitas foram mortos e a arca da Aliança foi tomada pelos inimigos (1Sm 4.10,11). Por sete meses a arca esteve sob o domínio dos filisteus (1Sm 6.1). Durante este período a ira divina esteve sobre os usurpadores da arca (1Sm 5.1-12). Diante de tantos castigos, os filisteus devolveram a arca e após uma série de desventuras a arca chegou a casa de Abinadabe onde permaneceu por vinte anos (1Sm 7.1-2).
Logo depois do retorno da arca aos termos Israelitas, Samuel exortou a nação ao arrependimento, ao abandono da idolatria, ao jejum e a consagração (1Sm 7.3-6). Então uma nova batalha foi travada contra os filisteus (1Sm 7.7). A diferença desta batalha em relação a anterior era que os Israelitas tinham abandonado o pecado e portanto o SENHOR esteve com eles e concedeu livramento (1Sm 7.8-10). Foi neste contexto que Samuel erigiu um pequeno altar de pedras, a quem chamou de Ebenézer que significa, como já dito, pedra de ajuda (1Sm 7.12).
Extraímos desta experiência Israelita a grande lição de que o Senhor é pedra de ajuda para os que são fiéis e obedientes à sua Palavra. E, ainda a plena convicção que toda e qualquer vitória vem do Senhor. Jamais podemos esquecer destas verdades. Portanto, ao finalizar esta reflexão, desejo-lhe que no ano de 2017 prossigamos em servir ao Senhor com fidelidade e assim receber ajuda divina em tempo oportuno.
Feliz e abençoado 2017!
Douglas Roberto de Almeida Baptista
Cpad 
Postar um comentário

vídeos gospel de Pres. Médici-MA

Loading...